sábado, 1 de setembro de 2018

Venezuela – ninguém disse nada!


  
Hugo Chavez tomou o poder em 1998. E como em 1917, fez o que fizeram os bolcheviques. Impôs a revolução socialista/comunista. Mas como os bolcheviques, deu origem a um estado totalitário, irracional, agora comandado por Maduro, não seguindo, a rigor, a lição de Marx. Para este judeu alemão, autor d’O Capital, só quando as sociedades atingissem um alto nível de desenvolvimento do capitalismo é que poderiam dar o salto para o socialismo. Mas ninguém ouviu Marx a sério. Ou seja, ninguém o leu devidamente. A verdadeira experiência do espírito marxista, nunca foi implantada, nem pelos bolcheviques nem pelos da revolução bolivariana.
Uma coisa é certa, tanto a sociedade bolchevique, como a bolivariana entraram em colapso. E a fuga de cerca de três milhões de venezuelanos, não deixa dúvidas a ninguém.
Image result for catarina Martins, louçã e jerónimoHá dois anos que o governo português apoia os residentes portugueses na Venezuela; há dois anos que os portugueses fogem da Venezuela; há dois anos que esta desgraça é conhecida, e só agora algumas televisões dão notícias sobre o assunto [com o terror soviético, aconteceu o mesmo na Europa]. A dona Catarina do Bloco ainda nada disse, o doutor Louçã, envergonhado, lá disse coisas que todos sabemos, para Jerónimo nada se passa. Para ele e a Catarina, a culpa é da direita (escumalha). O terror vermelho implantou-se neste país, e são poucos os jornais como o El Pitazo, que denunciam, todos os dias, os alarves do sistema.

Sem comentários:

Enviar um comentário