segunda-feira, 7 de agosto de 2017

África, os quatro rios


É um livro a ler. É a evocação de quatro grandes rios africanos: o Níger, o Zambeze, o Nilo e o Congo. Conhecê-los, é conhecer o território que os circunda. E a história do continente através da literatura de viagens que o autor rebuscou num período histórico entre os séculos XVIII e XX.
Foi através desta literatura de viagens que o cidadão europeu, obteve um conhecimento, algo concreto, daquele continente imenso, ainda desconhecido, tanto em dimensão geográfica, como em dimensão humana.
António Pinto Ribeiro, concentra-se na análise de três autores europeus e um americano aquele território imenso: Ébano. Febre Africana, de Ryszard Kapuscinski, Aventuras em África, de Gianni Celati, Baía dos Tigres, de Pedro Rosa Mendes e Viagem por África, uma viagem por via terrestre entre o Cairo e a cidade do Cabo, de Paul Theroux.
As viagens tratadas nestas obras foram realizadas depois de 1945, após o fim da Segunda Guerra Mundial, em que se assiste à passagem de uma África colonizada para uma África independente e pós-colonial.

Sem comentários:

Enviar um comentário