terça-feira, 16 de maio de 2017

50 Anos de Pintura

Por: Costa Pereira Portugal, minha terra

 Depois da mais recente exposição que com o título “Encontros Musicais” decorreu no Museu da Musica Mecânica, António Carmo vai agora estar patente na Biblioteca Nacional de Portugal, desde Maio até Agosto, para assinalar os seus 50 de Pintura.

O seu percurso artístico pelas diferentes áreas das artes plásticas pode e deve ser visto e apreciado num todo, que inclui obras de desenho e óleos sobre tela – alguns de grande dimensão –, e guaches que vão figurar ao lado de documentação crítica, quer nacional quer internacional. Nesta exposição vai constar um painel de 6x1,5 metros a representar a viagem coletiva do artista e do visitante. É de não perder. Deste distinto e conceituado artista que noutra ocasião já comentei, disse: “ De trato afável, expressivo e franco, o mestre Carmo deu-se-me a conhecer numa estação do Metro, onde ambos costumamos apanhar transporte, desde esse dia passamos a ficar amigos”, a foto de que me sirvo hoje foi tirada nessa estação: Baixa-Chiado.

Sem comentários:

Enviar um comentário