quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Mundo louco este em que vivemos


Por: Costa PereiraPortugal, minha terra

Mundo louco este em que vivemos e do inicio do Séc. XXI dá imagem. Longe já vai o 20 de Julho de 1969 em que Neil Armstrong  e mais dois companheiros pela primeira vez alunaram e se pensou que a tecnologia avançada vinha trazer a felicidade aos habitantes do planeta azul, mas tudo como dantes. Mais facilidade de circulação, sim; mais comodidades para quem delas pode usar, também, mas também mais aumento de desemprego e de miséria social, a nível global. A corrupção apoderou-se das sociedades e em todas as classes e continentes tem praticantes. Também a falsidade e a lealdade que foi apanágio dos homens com H grande, rareia em nossos dias, e com isto a moral e os valores cívicos e sociais, andam pela hora da morte. Levar a sério esta introdução era estar vencido e não acreditar na capacidade do ser humano para dar a volta aos acontecimentos e corrigir o pior. É preciso explorar o lado bom que todo o ser humano tem, e não é possível fazê-lo sem haver contactos e dialogo franco e aberto entre as partes litigiosas ou discordantes.
O que não se tem verificado até aqui, mas pelo contrário fomentar o desentendimento e a discórdia muitas vezes de forma drasticamente desumana, gerando revolta e miséria. Não foi com esse fim que os verdadeiros cientistas fizeram e fazem as suas descobertas. É tempo do homem se convencer que a vida neste munto são dois dias, e que de cá só leva o que de bom fez por si e pelo seu semelhante. Tempo é também da arrogância dos políticos acabar, dando lugar à serenidade e respeito pelo eleitorado e compromissos assumidos quando na governação. Evitar atitudes litigiosas ou promessas que sabem não podem satisfazer. O próximo presidente norte-americano toma posse já no dia 20, e ainda isso não aconteceu e já andamos todos preocupadíssimos com o que ele vai fazer e os perigos que Donald Trump trará para a democracia. Esperem para ver. De principio estou à vontade, porque a minha experiencia diz que promessas de político são só para inglês ver…  
Numa primeira oportunidade  a chanceler alemã, Angela Merkel irá encontrar-se com ele e a cimeira do G7 é em Maio, na Itália, e o G20, em Julho, na Alemanha. Muito tempo para acertar as agulhas e amigos como dantes…Quanto à afirmação de Donald Trump lançada em entrevista de que “ outros países irão deixar” a UE à semelhança do Reino Unido, eu não acho assim tão disparatada. Então a nossa “geringonça” governamental não está a funcionar com dois partidos que pedem isso mesmo? Haja quem denuncie, mas com coerência, e nada de oportunismo. Bem fez  o Dr. Passos Coelho em não se deixar enrolar na TSU….Quem não o quis e lhe roubou a governação agora que se entenda com os parceiros escolhidos.

Sem comentários:

Enviar um comentário