quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Imaculada Conceição, Rainha de Portugal

Por: Costa Pereira - Portugal, minha terra

Dia grande e muito mariano para os cristão portugueses que desde que D. João IV doou a Coroa Real a Nossa Senhora da Conceição passamos a ter a Virgem Maria por Rainha de Portugal. Vem do inicio da cristandade a convicção de que Nossa Senhora terá sido concebida sem mácula de pecado original e daí o titulo de Imaculada Conceição que o Papa Xisto IV, em 28 de Fevereiro de 1476, definiu como festa universal. A 8 de Dezembro de 1854, o Papa Pio IX apoiado na Bíblia e nos escritos dos Padres da Igreja transforma essa devoção mariana em dogma de fé. Mas sendo festa universal católica, em Portugal tem importância maior pois a temos por Rainha, e em Risco Continuo se pode ver, e por isso transcrevo com a devida vénia: « Por provisão de 25 de Março de 1646, D. João IV “estando ora junto em Cortes os três Estados do reino”, proclamou solenemente “tornar por padroeira de nossos Reinos e Senhorios a Santíssima Virgem Nossa Senhora da Comseição, conffessare, defender May de Deus foi concebida sem pecado original”. Por esta proclamação a Virgem Imaculada era constituída e declarada, por todos os poderes da Nação, Senhora e Rainha de Portugal, a verdadeira soberana do país.

Sem comentários:

Enviar um comentário