sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

Alguns condutores de autocarros da «IberoCoach Internacional» tratam com rudeza os passageiros portugueses



JORGE LAGE
As conversas são como as cerejas e muitas vezes ouvimos sem querer aquilo que não queremos e nos deixa revoltados. Sem querer, soube das queixas de alguns portugueses que de tempos a tempos utilizam os serviços da transportadora de passageiros «IberoCoach Internacional, Lda». Queixam-se de alguns condutores espanhóis. Estes não serão atenciosos, por vezes usam de rudeza e, por exemplo, quando lhes apetece fumar um ou dois cigarros, interrompem a viagem, param o autocarro, para satisfazer o vício. Os passageiros lusos que esperem. Quando metem bagagem no porão, mesmo que vá a meia carga, atiram com bagagem pesada para cima da mais frágil, para estragarem, ao que dizem, adrede. Estou a lavrar esta nota de protesto para dar voz a quem não tem voz ou é simples e humilde e apenas se lamentará das «marotices» desses condutores. Por sua vez, os condutores portugueses da mesma empresa são atenciosos, cuidadosos e de bons modos, pelo que dizem alguns dos nossos passageiros. Esta situação é revoltante e bizarra. Por um lado, os nossos compatriotas que seguem de autocarro indignam-se com o comportamento desses condutores e alguns optam por procurar outras empresas de transporte internacionais alternativos. Por outro lado, enquanto a empresa procura bem servir e captar mais clientes, alguns funcionários censuráveis escorraçam-nos. A empresa tem perdido passageiros lusos. O staff da Iberocoach Internacional deve promover junto dos passageiros inquéritos para avaliar o seu grau de satisfação e no caso de haver respostas desfavoráveis tentar identificar os autores do descontentamento. Quem paga e é educado gosta de ser bem servido.

Jorge Lage – jorgelage@portugalmail.com – 23NOV2016

Provérbios ou ditos:

      A castanha tem três capas de Inverno: a primeira mete medo, a segunda é lustrosa e a terceira é amarga.
      Até à Santa Luzia nem égua prenhada nem vazia.
      Mais vale estragar sapatos do que lençóis.

Sem comentários:

Enviar um comentário