quinta-feira, 18 de agosto de 2016

Quantos serão?

J. Rentes de Carvalho
in: Tempo Contado

Quantos serão, os que numa tarde de Agosto folheiam a "Imitação de Cristo"  em busca de respostas?

"Envergonha-te, Sion, diz o mar (Isaías, 43,4).
E se perguntas a causa ouve porquê:
Por um ténue benefício andam os homens caminho mui dilatado, e dificilmente dão um passo pela vida eterna.
Buscam um livro vil, e às vezes por pouco dinheiro torpemente litigam, sem recearem cansar-se dia e noite por uma coisa vã, e por uma promessa mesquinha.
Não cuidam esses homens de trabalhar, sequer um pouco, pelo bem imutável, pelo prémio inestimável, pela suprema honra, e pela gloria que não tem fim.
Envergonha-te, pois, ó servo preguiçoso, e tão fácil em te queixares.
Pois há homens mais prontos para a perdição, que tu para a vida.
Com mais gosto buscam eles a vaidade do que tu a verdade."

Sem comentários:

Enviar um comentário