terça-feira, 21 de junho de 2016

Uma “manif”


No Sábado passado o sr. Nogueira organizou uma “manif”. Em defesa da escola pública (como dizem, em vez de escola do Estado ou estatal). Clara Viana, jornalista do público, fez a reportagem. E, segundo dados da PSP, foram à tal “manif” cerca de 15.000 pessoas. Número que apareceu na reportagem.
Este número irritou a dona Gabriela. E na sua página do Twitter pediu a demissão da jornalista. Para a dona Canavilhas tinham de ser mais de 15.000; talvez 15.001 ou 15.002. Se fosse assim não se teria irritado, porque a organização apontou para 80.000!
Portanto, para estas donas das esquerdas é muito simples. Quem não pensa totalitariamente como elas, é despedido, ou despromovido. Como em 1917 em Moscovo (que foram mandados para a Sibéria), ou entre 2005/10 em Portugal (que “legalmente” foram despromovidos) …

Sem comentários:

Enviar um comentário