quinta-feira, 2 de agosto de 2018

Revista Triplov - Série gótica, Outono 2018

série gótica . outono de 2018

SEXTO ENCONTRO TRIPLOV NA QUINTA DO FRADE
A.M. Amorim da Costa – O matraz da análise química da Vontade
Rui Grácio – Poesia e JPE
João Fernandes – Corrupção, ética e justiça nos comportamentos políticos
Paulo Brito e Abreu – Da Via lucis
Júlio Conrado – “Uma Viagem à Índia”, de Gonçalo M. Tavares
Elisa Scarpa – Preciso de outro cérebro
Manuel Santos – Apanhar figos pela manhã
Maria José Camecelha – Afogados
Maria Azenha – Poemas de Xeque mate
Maria do Céu Costa – Vídeo do Sexto Encontro Triplov

OUTROS ENCONTROS
Zuca Sardan – Geometria prática de pontes e calçadas
Jorge Antonio Encinas Cladera – Poemario
Nicolau Saião – Onze instantâneos arcangélicos
Homenagem a Sila Chanto por Alfonso Peña
Margarete Bertolo Boccia – Articulação entre a literatura Infantil e a Matemática
Carmo Moura Nunes – Quatro quadros
Paulo Cabaço Mendes – Uma visita breve à Capela de São Pedro de Balsemão, Lamego
Ana Johnson – Pessoas
Adelto Gonçalves – Poesias eróticas de Bocage: as falsas e as verdadeiras

ENTREVISTA
Rolando Revagliatti – Alexandra Méndez Bujonok: “En la adolescencia circulé por los surrealistas, que me dejaron alucinada”
Alexandra Méndez Bujonok – Poemario

EDITORIAL
Maria Estela Guedes –  “Xeque-Mate” com Maria Azenha” 

Sem comentários:

Enviar um comentário