sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

Aos que falam do Futuro

  
O que interessa é o futuro, dizem. O futuro não existe sem o presente e o presente sem o passado. Para se construir o futuro tem que se se olhar em frente no presente, com os erros corrigidos do passado. Sem a correcção dos erros do passado jamais se construirá um futuro com solidez.
Os que apenas falam do futuro são os “profetas”. Destes desconfiam os homens (e as mulheres, claro) de senso. Os que apenas falam do futuro olham apenas o seu umbigo. Os que apenas falam do futuro são coniventes com os erros do passado e com a impunidade daí decorrente.
Quando se olham as estrelas em direcção ao futuro, estamos, na realidade, a olhar o passado. Na imensidão do Universo, na sua grandeza incomensurável, o presente (se é que existe ...) é ínfimo se comparado com o futuro, ou seja, o passado.       Armando Palavras


Sem comentários:

Enviar um comentário