segunda-feira, 21 de setembro de 2015

Depois só em Maio

 
Por: Costa Pereira- Portugal, minha terra.

A Visita aos túmulos dos  Apóstolos  ou Visita ad limina apostolorum que decorreu no Vaticano e em Roma, de 07 a 12 do corrente mês de Setembro, impediu que a Grande Peregrinação Anual a Nossa Senhora da Graça, no Monte Farinha, tivesse este ano, como é habitual, um bispo a presidir às cerimonias. Nesta visita que o episcopado de cinco em cinco anos realiza, e na qual os bispos diocesanos e outros prelados da Igreja Católica se reúnem com o Santo Padre, são apresentados e apreciados relatórios sobre as actividades de cada diocese ou prelatura. Isto, para justificar o motivo porque este ano nem o bispo diocesano, D. Amândio Tomás, nem qualquer outro seu similar, por ausentes do país, estivam disponíveis para presidirem à peregrinação de Setembro; este ano, realizada no dia 06.

Mas em contrapartida o afluxo de peregrinos foi enorme e o dia esteve maravilhoso, contribuindo para dar mais brilho e beleza às cerimónias e encanto a uma paisagem espectacular que daquele sedutor e imponente miradouro se desfruta.

 Como em post de 22 de Agosto anunciei neste blog : Quem preside este ano, o programa não diz, mas que no próximo dia 06 de Setembro, entre a Missa das 08h00, e a Missa Solene às 11h00, a devoção graciana vai estar em alta, vai. E no fim dessa Missa campal é a procissão de despedida e o adeus até ao ano que vem”. Missa das 08h00 cujo celebrante veio da Povoa de Varzim, o amigo padre Manuel Oliveira Couto, e a Missa Solene, das 11h00, teve a presidir o padre Manuel Machado.

Já então com todas as diligências esgotadas, o pároco de Vilar de Ferreiros, padre João Castanheira, no sentido de ter um bispo a presidir à peregrinação, desiste pois nem mesmo se torna fácil, encontrar um sacerdote disponível, para ao domingo, poder trocar os compromissos que lhe estão confiados por missão, para atender um convite ocasional.

Diga-se que valeu aqui a gentileza e generosidade do Sr. Padre Manuel Machado, figura muito estimada e querida no concelho de Mondim de Basto, donde é natural.  Actual pároco de Parada de Monteiros, Pensalvos e São Martinho de Bornes ( Vila Pouca de Aguiar), o Padre Machado que é do clero do Patriarcado de Lisboa, mas incardinado na diocese de Vila Real, depois de pároco que foi de Colares (Sintra), paroquiou São Cristóvão de Mondim, onde desempenhou o cargo de Arcipreste do Baixo Tâmega.

 
 
Ordenado, no Mosteiro dos Jerónimos, em 02/07/1985 tive o privilégio de assistir a esse acto solene, e de em meu nome e do Padre Correia Guedes lhe dar os parabéns. Já lá vão trinta anos. Com todo o brilho a peregrinação decorreu em beleza, como vem acontecendo sempre e em crescente de ano para ano. Aos interessados fica o aviso de que até ao fim deste mês hà missa dominical no santuário às 16h00, depois só em Maio.




Sem comentários:

Enviar um comentário