terça-feira, 4 de novembro de 2014

LUGAR DO DESENHO – FUNDAÇÃO JÚLIO RESENDE CORO VOX POPULI | RODA DE CHORO DO PORTO Concerto AGUARELA BRASILEIRA





“Dar” ouvidos à música seria uma espécie de ofensa às capacidades vitais do ser humano.
Ela está em si. Convenhamos que desde o acto da respiração e todo o seu comportamento reflecte numa vitalidade estimulada pelo ser.       
Toda a arte, como coisa viva, assume-se por tal ritmo, e não será difícil de admitir a semelhança estrutural dos sons e das cores.         
Por isso o Lugar do Desenho saúda a ideia e a disponibilidade dos executantes que se farão ouvir.
Júlio Resende,  2011



08 de Novembro 2014 (sábado) 17H30 (entrada 2€)
no LUGAR DO DESENHO – FUNDAÇÃO JÚLIO RESENDE
CORO VOX POPULI | RODA DE CHORO DO PORTO
Concerto   AGUARELA BRASILEIRA
Passados 20 anos do seu falecimento, Tom Jobim permanece vivo pela universalidade da sua obra artística. Musicando os seus próprios poemas, ou de outros, como os do grande Vinicius de Moraes, Tom Jobim, nascido na Tijuca, é o principal intérprete de substanciais mudanças na música popular brasileira, que atingem o seu ponto alto na Bossa Nova. O Coro Vox Populi e os seus convidados, a Roda de Choro do Porto, evocam o sabor do “Chorinho”, da Bossa Nova e do Latin Jazz.
  
A P R E S E N T A Ç Ã O

CORO VOX POPULI

O Coro Vox Populi foi constituído em Maio de 2009 na Escola Secundária de S. Pedro da Cova. Originalmente formado apenas por professores da Escola congrega actualmente professores de outras escolas do Concelho de Gondomar num total de 27 elementos.
Eclético, mas com rigorosos critérios de qualidade na escolha dos seus programas musicais, inclui no seu reportório a música de Tom Jobim. Vinte anos após o seu desaparecimento (1994-2014) o Coro Vox Populi entende lembrar este compositor fundamental na História da Música Popular Brasileira.

RODA DE CHORO DO PORTO

A roda de choro é um ponto de encontro para que músicos de todas as idades e proveniências partilhem a efervescência do choro.
…neste espírito que nasce a Roda de Choro do Porto. Inicialmente com apresentações regulares na Livraria Unicepe, depressa começou a crescer com o aparecimento de novos músicos e passou a apresentar-se em vários espaços culturais da cidade.
Tem no reportório músicas de vários compositores consagrados tais como Jacob do Bandolim, Pixinguinha, Waldir Azevedo, Abel Ferreira, Ernesto Nazareth e outros.
As rodas do grupo são caracterizadas por um clima informal que torna frequente ver músicos que não se conhecem tocarem juntos sem qualquer ensaio.




Lugar do Desenho - Fundação Júlio Resende

Rua Pintor Júlio Resende, 105
4420-534 Valbom Gondomar



Sem comentários:

Enviar um comentário