sexta-feira, 10 de outubro de 2014

Cercada e deixada à sua sorte, Kobani vai lutar até ao fim ...

                              Cercada e deixada à sua sorte, Kobani vai lutar até ao fim ...



Durante mais de dois anos, Kobani foi um pequeno oásis no pesadelo da guerra síria. 
Controlada pelas Unidades de Protecção Popular (YPG), a milícia do principal partido 
curdo da Síria, a cidade foi poupada ao conflito, acolhendo milhares de deslocados que
 ali encontraram refúgio – árabes, curdos, turcomanos. Agora o inferno é ali, à vista do 
mundo e dos seus habitantes que, aterrorizados pelo avanço do Estado Islâmico, se re
fugiaram na Turquia, mas que continuam a não querer afastar-se da fronteira na esperança,
 cada vez mais vã, de que Kobani não será tomada e eles poderão regressar a casa.


Sem comentários:

Enviar um comentário