quarta-feira, 25 de abril de 2018

Capela Vista Alegre



VIRGÍLIO GOMES
É surpreendente a dimensão do edifício, Capela Vista Alegre, quando se chega ao largo do Lugar da Vista Alegre, que nos apetece chamar-lhe de igreja. Olhando para a sua fachada vemos um edifício mais baixo à sua esquerda que foi o palácio do bispo D. Manuel de Moura Manuel (1632-1699) e que, atualmente, é parte do Hotel Vista Alegre onde pernoitei recentemente. Do palácio há uma ligação interna à capela que ainda hoje pode ser observada.
Se a imponência da fachada chama a atenção, quando entro e me apercebi que esse bispo foi o 18º de Miranda do Douro, a minha curiosidade disparou e não descansei enquanto não conheci a biografia de tal personagem que dirigiu a minha diocese ainda sediada em Miranda do Douro, e só mais parte passou para Bragança cuja designação mantém de Bragança e Miranda (1770). Para conhecer a biografia do 18º bispo socorri-me de duas fontes principais: “Bragança e Miranda”, volume II da autoria de Monsenhor José de Castro (1886-1966), edição de 1947, e “Memórias Arqueológicas-Históricas do Distrito de Bragança”, volume II da autoria de Francisco Manuel Alves (1865-1947), Abade de Baçal, edição de 1982.

Sem comentários:

Enviar um comentário