sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Antologia CTMAD - 59 - MGen António Manuel Felícia Rebelo Teixeira

Miradouro de Santa Bárbara - CUMIEIRA - Santa Marta de Penaguião
O MGen António Manuel Felícia Rebelo Teixeira nasceu na Cumeeira, concelho de Santa Marta de Penaguião, distrito de Vila Real, a 22 de Outubro de 1956. É filho de Guilhermino Manuel Teixeira e de Maria da Piedade Rebelo Felícia.
O MGen Rebelo Teixeira incorporou em 05 de Setembro de 1977 no Regimento de Comandos e ingressou na Academia Militar em 1979, tendo sido promovido a Alferes em 1984 e sucessivamente a Tenente (1985), Capitão (1988), Major (1993), Tenente-Coronel (1998), Coronel (2005) e a Major-General em 04 de Julho de 2013.
O MGen Rebelo Teixeira está habilitado com o Curso de Infantaria da Academia Militar, o Curso de Promoção a Capitão, o Curso de Promoção a Oficial Superior, o Curso de Estado-Maior e o Curso de Promoção a Oficial General. Possuiu ainda no âmbito da qualificação profissional o Curso de Comandos, o Curso de Operações Irregulares, o Estágio de Operações Especiais, o Curso de Informação Pública da Escola da NATO (Oberammergau – Alemanha) e o Curso ACE CAX Planners em Haia na Holanda, entre outros.
No âmbito da formação académica civil possui o Curso do Instituto Superior de Contabilidade e Administração de Empresas do Porto.

Ao longo da sua carreira prestou serviço em várias Unidades e Órgãos do Exército, nomeadamente no Regimento de Comandos, Escola Prática de Infantaria, Regimento de Infantaria nº 13 (RI 13), como Subalterno e Capitão, tendo nesta última Unidade comandado a Companhia de Apoio de Combate e o Batalhão Operacional para além da chefia de áreas do Estado-Maior do Regimento. Como oficial superior desempenhou funções no Estado-Maior do Exército na área dos Recursos Humanos e ainda no Gabinete do Tenente-General Comandante do Pessoal e na Direção de Administração e Mobilização do Pessoal.
Ainda como Major e no quadro da cooperação técnico-militar bilateral entre Portugal e Angola integrou o projeto de apoio ao Ministério da Defesa e ao Estado-Maior General das Forças Armadas de Angola (FAA), entre Janeiro de 1997 e Janeiro de 1998, tendo ainda nesse período lecionado no Instituto Superior de Ensino Militar das FAA.
Como Tenente-Coronel comandou o 1º Batalhão de Infantaria da Brigada Ligeira de Intervenção e o Agrupamento Charlie no Kosovo, integrado na Força Internacional KFOR, de Fevereiro a Agosto de 2000, após o que foi nomeado 2º Comandante do RI 13, funções que exerceu até Maio de 2002.
Em 2001, por despacho do General Chefe do Estado-Maior do Exército, integrou o Grupo de Trabalho para a reorganização do Exército.
Ainda como Tenente-Coronel serviu na European Operational Rapid Force (EUROFOR), em Florença - Itália, como Chefe da Repartição de Relações Públicas, de Agosto de 2002 a Julho de 2005. Participou na primeira operação militar da União Europeia – Operação Concordia – de Setembro a Dezembro de 2003 como porta-voz e PIO (Public Information Officer) da Força Europeia (EUFOR), em Skopia – FYROM.
Como Coronel comandou o Regimento de Infantaria nº 2 em Abrantes e o Regimento de Infantaria nº 1, na Carregueira, de Outubro de 2005 a Fevereiro de 2007. Em Março de 2007 assumiu as funções de Chefe de Gabinete do Tenente-General Comandante do Pessoal em acumulação com as de Chefe de Estado-Maior do Comando do Pessoal.
Ainda como Coronel e a partir de Junho de 2009, integrou a missão da União Europeia nas funções de chefe dos conselheiros militares da missão da União Europeia para a reforma do sector de defesa e segurança da Guiné-Bissau (EUSSR GUINEA-BISSAU), até ao seu encerramento em 31 de Maio de 2010.
Após a frequência do Curso de Promoção a Oficial General, como Coronel Tirocinado, foi nomeado para o exercício das funções de Subdiretor da Direção de Administração de Recursos Humanos do Comando do Pessoal, funções que exerceu desde 01 de Agosto de 2011 e que acumulou com as de Chefe de Estado-Maior do Comando do Pessoal, desde 29 de Novembro de 2011, ambas até 15 de Julho de 2012.
Ainda como Coronel Tirocinado, no quadro da cooperação técnico-militar bilateral entre Portugal e Moçambique, liderou o projeto técnico de apoio à Organização Superior da Defesa e das Forças Armadas, de 15 de Julho de 2012 a 22 de Julho de 2013.
Como Major-General foi nomeado Director da Direção de Obtenção de Recursos Humanos do Exército em 17 de Julho de 2013, funções que exerceu até 31 de Agosto de 2014.
Em 01 de Setembro de 2014 tomou posse como Director Coordenador do Estado-Maior do Exército, funções que exerceu até 21 de Outubro de 2015, data em que por imperativo estatutário transitou para a situação de reserva.
Da sua folha de serviços constam dezoito (18) louvores, sendo três (3) pelo General CEMGFA, dois (2) pelo General CEME, oito (8) por Oficiais Generais e cinco (5) por outras Entidades Militares. No que respeita a condecorações, foi agraciado com a Ordem Militar de Avis (Grau Grande-Oficial), Ordem Militar de Avis (Grau Cavaleiro), cinco (5) medalhas de Serviços Distintos (grau Ouro, grau Prata com palma, e três (3) grau Prata), três Medalhas de Serviços Distintos grau Prata (uma com palma), as Medalhas de Mérito Militar de 1ª, 2ª e 3ª classe, as Medalhas D. Afonso Henriques Mérito do Exército, 1.ª e 2ª Classe, as Medalhas de Comportamento Exemplar grau Ouro e Prata, a Medalha NATO/OTAN/KOSOVO e as Medalha Comemorativas Serviços Especiais Angola 1997, Kosovo 2000, EUROFOR 2002-2005, FYROM 2003, EU SSR GUINEA-BISSAU 2009-2010 e Moçambique 2012-2013.
Possui alguns trabalhos publicados no âmbito da Arquitetura de Paz e Segurança Africana.
O MGen Rebelo Teixeira é casado com Esbela Carlota Alves Correia Mourão Teixeira e tem dois filhos.

Sem comentários:

Enviar um comentário