sábado, 13 de maio de 2017

NS da Saúde, festa grande da cidade

Por: Costa Pereira Portugal, minha terra
No Bairro da Mouraria, mais exactamente na Rua Martim Moniz, situa-se a ermida que no século XVI terá sido construída em honra do mártir São Sebastião. Até que os artilheiros de São Sebastião por volta de 1570 fizeram “um voto a Nossa Senhora da Saúde para que terminasse a grande peste “ o que sucedeu. Em agradecimento surge a primeira procissão em sua honra a 20 de Abril desse ano. Manteve-se a tradição até que em 1662, a Ermida de São Sebastião mudou de nome para Ermida de Nossa Senhora da Saúde, as duas Irmandades juntaram-se com a designação de Senhora da Saúde e São Sebastião.
 Amplia-se a devoção a Nossa Senhora da Saúde que conquista a protecção, não só dos reis, rainhas e príncipes, como também de fidalgos, militares e beneméritos, a ponto de D. Pedro V, em 1861, elevar a ermida à dignidade de Capela Real. Na cidade de Lisboa o culto a NS da Saúde está muito enraizado e anualmente tem a sua procissão que se realiza no inicio do mês de Maio.
Este ano foi no domingo, dia 7, correspondente ao Dia da Mãe. Lá fui com o meu conterrâneo Zé Borges e a filha Cristina, assistir onde nas traseiras de São Domingos, frente ao Hotel Mundial paramos para assistir ao desfile.
Foi ali, já não me lembro do ano, que a convite do maestro Silvério Campos assisti a uma dessas procissões, era ele o maestro da Banda da Força a Aérea. Amigo intimo a quem devo a musica do hino de Vilar de Ferreiros que consta em A Região de Basto e As Ferrarias entre Tâmega e Douro. Uma vez por outra sempre que possível não falto nesta procissão mariana.
No domingo assim aconteceu e lá me dei com o Sr. Presidente da Republica, Professor Doutor Marcelo Rebelo de Sousa, a dar continuidade a uma tradição de nesta festa caber à PR vestir a imagem que Lisboa honra com orações, sobretudo neste mês de Maio, ou mês de Maria. Como homem de Basto senti-me orgulhoso por ver mais uma vez Marcelo Rebelo de Sousa a tomar parte na procissão. E com São Jorge, o Santo Guerreiro,  montado em seu cavalo branco de lança em punho para lutar contra o dragão.

Sem comentários:

Enviar um comentário