sábado, 6 de maio de 2017

35 - Antologia CTMAD - Jorge Valadares

 
                                                               Jorge Valadares

Nasceu em chaves em 11 de Setembro de 1942. Licenciou se em ciências físico químicas na universidade clássica de lisboa. Concluiu o curso de ciências pedagógicas pela faculdade de letras da universidade de Lisboa. Iniciou a sua longa carreira de professor em 1965. Obteve o diploma de exame de estado em 1973, depois de ter concluído o estágio em físico químicas com a nota máxima, sob a orientação do metodólogo prof. Rómulo de Carvalho (antónio gedeão). Doutorou se em didáctica da física pela universidade Aberta tendo sido aprovado com distinção e louvor. Leccionou durante 28 anos no ensino secundário, terminando a sua carreira neste grau de ensino como professor do colégio militar. onde permaneceu durante 18 anos. É actualmente professor de física na universidade aberta. Nos anos 70 escreveu um curso de física em 6 volumes (1840 páginas) cobrindo as 6 mais importantes áreas da física clássica, na senda dos grandes projectos americanos de ensino das ciências dos anos 60. Este curso, que serviu de base à preparação de muitos professores e alunos de física, lançou o para uma carreira de autor de livros de física de elevado sucesso durante mais de 30 anos. É autor, tradutor e revisor científico de traduções de diversas obras sobre física e o ensino das ciências. É consultor e referee de algumas revistas portuguesas e brasileiras sobre ensino da física e das ciências em geral. Pertenceu à direcção da sociedade portuguesa de física durante 12 anos, tendo sido o primeiro coordenador e grande impulsionador da sua divisão técnica de educação. Tem sido convidado para membro de diversas comissões organizadoras e consultivas de encontros nacionais e internacionais de física, de ensino da física e de didáctica das ciências. Foi o principal responsável português pela organização do 1° encontro ibérico sobre o ensino da física, que tem decorrido todos os anos alternadamente em espanha e Portugal. Organizou e é co responsável pelo mestrado sobre o ensino das ciências da Universidade Aberta onde lecciona duas disciplinas semestrais.
Entrada tradicional da cidade de Chaves
Tem sido conferencista e orientador de oficinas pedagógicas em diversos encontros nacionais e internacionais sobre variados temas relacionados com a teoria da aprendizagem significativa, a avaliação, o ensino das ciências e o ensino da física. Tem orientado diversos cursos e acções de formação organizados pelo ministério da educação, por universidades e escolas secundárias, pela sociedade portuguesa de física e por centros de formação do programa foco. Tem sido convidado pelo ministério da educação para colaborar em diversas actividades ligadas aos exames nacionais e aos programas de física e seu lançamento (é actualmente co responsável pela equipa de acompanhantes no relançamento do ensino experimental nas ciências). É presentemente um dos principais membros de um grupo de investigação internacional em ensino das ciências, com incidência especial na teoria da aprendizagem significativa, criado por iniciativa do educador americano Joseph novak que é discípulo e co autor do psicólogo educacional David Ausubel, o fundador dessa teoria. É membro de importantes sociedades científicas nacionais e internacionais de que se destaca a aapt (american association of physics teachers), o girep (groupe international de recherche sur 1'enseignement de Ia physique), a ase (the association for science education), e o ihpstg (international history, philosophy and science teaching group). Recebeu até hoje 4 louvores (em 1969, 1972, 1984 e 1997) e uma condecoração com a medalha de d. Afonso Henriques p.e., De 2.' classe em 1998, em cerimónia presidida por sua excelência o Presidente da República, e em que estiveram presentes, entre outras altas individualidades, os ministros da defesa e da educação. Foi-lhe atribuído o prémio pesquisa, em 1999, pelo júri do concurso Podium, de transmontanos e para transmontanos.

Sem comentários:

Enviar um comentário