segunda-feira, 17 de abril de 2017

Boa lampreia no restaurante «Varandas do Lima II»




JORGE LAGE
O restaurante, «Varanda do Lima II», situa-se a uns 400 metros do «Santuário da Senhora do Alívio», quem se dirige de Braga para Vila Verde e junto à EN 101. Outrora foi filial do restaurante «Varandas do Lima», de Ponte da Barca, junto à velha ponte que liga aos Arcos de Valdevez e com as águas do rio Lima a marulhar uma canção cristalina, para quem se aproxima. Há anos, que frequento o restaurante «Varandas do Lima II», principalmente quando quero comer uma boa lampreia, divinalmente cozinhada. Este ano, nas vésperas do Dia do Pai (em dias de nomeada procuro fugir dos restaurantes, evitando a confusão e o ruído), voltei lá com a minha mulher, filha e neto e com a mesma devoção gastronómica e saí de lá consolado. Não querem saber que o fedelho do meu neto de 25 meses, comeu quase como gente grande! Temos homem, pelo menos para o prato. Para meu espanto, apareceu lá uma «embaixada de Picote» - Miranda do Douro, chefiada pelo amigo, António Bárbolo (especialista em línguas minoritárias, com destaque para a sua primeira pátria o Mirandês) e me disse que é ali que, anualmente, mata as saudades de um bom prato de lampreia. Para se ser bem servido, a lampreia requer preparação e marinar de véspera, tendo de ser encomendada ao gerente (Paulo), até às 23H00 do dia anterior para: 253322794 ou paulovvilaca@hotmail.com.

Sem comentários:

Enviar um comentário