sexta-feira, 17 de março de 2017

De São Roque até à Graça

Por: Costa Pereira Portugal, minha terra

Cumprido o secular trajeto alfacinha entre a igreja de São Roque e a igreja da Graça realizou-se no domingo, dia 12, a Procissão de Nosso Senhor dos Passos. Precedida de via-sacra e missa vespertina no sábado, às 18h00 do dia 11,e cujo celebrante foi o reitor Padre António Vaz Pinto; e no domingo, Missa Solene, às 11h00, presidida por D. Nuno Brás, bispo auxiliar do patriarcado.
A Procissão teve inicio às 15h00, antecipada da recitação do santo terço, às 14h30. Presidida por Sua Eminencia o Senhor Cardeal D. Manuel Clemente, Patriarca de Lisboa e Aio do Senhor dos Passos, a Procissão saiu da igreja de São Roque, Largo Trindade Coelho, Rua da Misericórdia, Rua Garrett, Rua do Carmo, Rossio, Rua Largo 1º de Dezembro, Largo de São Domingos, onde à porta de histórica igreja se dá o Encontro da Mãe com o Filho.
Após uma breve demora e para se ouvir algumas palavras à volta do acontecimento, a procissão do Senhor dos Passos continua, agora com a Mãe também incorporada, pela Rua D. Antão de Almada, Travessa Nova de São Domingos, Rua da Palma, Praça do Martim Moniz, Calçada dos Cavaleiros, Calçada de Santo André e igreja da Graça.
Já com mais de 400 anos de história esta Procissão que por norma se realiza no 2ºDomingo de Quaresma, atrai milhares de fieis ás ruas da baixa e nela tomam parte as forças vivas da cidade e até da nação, como aconteceu este ano com a Presença do Presidente da Republica, Marcelo Rebelo de Sousa.
As varias ordens religiosas e militares, bandas de música, fanfarras, bombeiros, associações artísticas e culturais e muitos fieis que mais uma vez deram vida  a este evento que tem na Real Irmandade de Santa Cruz e Passos da Graça um zeloso dinamizador
Depois do Encontro, agora com a Mãe das dores o cortejo lá vai a caminho da Graça
E D. Manuel Clemente, sob o pálio, com o santo lenho desde São Roque até à Graça

Sem comentários:

Enviar um comentário