domingo, 25 de dezembro de 2016

A história da irmã Maria Guadalupe, na Síria

Guadalupe é uma freira de ideias fortes. Chegou à Síria antes da guerra civil e viu de perto a região tornar-se um inferno. Garante que "a primavera árabe foi uma grande mentira".
A irmã Maria de Guadalupe Rodrigo, uma freira argentina que viveu durante quatros anos na Síria, escapou à morte por escassos minutos várias vezes. Enquanto viveu em Aleppo, viu um míssil cair a 50 metros de sua casa e habituou-se a dormir ao som das explosões constantes. “Quando uma vez fomos ao Líbano, na primeira noite lá foi difícil dormir, por causa do silêncio”, conta ao Observador. E explica que foi para a Síria porque a sua congregação — o Instituto do Verbo Encarnado — vai para “os lugares onde ninguém quer ir”.

Leia a história de Guadalupe aqui.



Sem comentários:

Enviar um comentário