quarta-feira, 3 de agosto de 2016

Por terras de Leiria

 Por Costa Pereira - Portugal, minha terra

Ontem, dia 30, foi mais um daqueles dias em que dá prazer viver. No fim de almoço recebi um convite da Helena - e digam se não tenho razão para dizer que tenho umas sobrinhas maravilhosas ! – a desafiar-me para irmos a Fátima visitar a Sr. Padre Abel. Disse logo que sim e por volta das 15h30 aí vamos nós em demanda do Altar do Mundo.
Quando lá chegamos eram horas de merendar e na Casa do Clero Diocesano de Leiria/Fátima, só merendam os residentes. Motivo que deu origem a convidar o Sr. Padre Abel e a D. Rosa a nos fazerem companhia até à Praia do Pedrógão e connosco merendar no Pão Quente da Rotunda das Pedras.
 Aceitaram e aí viemos nós apanhar ares frescos deste mar encantador, onde também integrada no grupo vinha uma nossa companheira de viagem que a pesar de muito debilitada fez questão em ir connosco visitar a Sr. Padre Abel.
 Lanche comido, companhia desfeita. De novo para Fátima, mas com passagem pela Bajouca para deixar em casa a ti Luzia do Virgílio, no Café Sousa, poupando-lhe a repetição e a demora de mais uma viagem connosco de ida e volta para levar o Sr. Padre Abel.
 Tanto mais que ao jantar ia haver festa rija nos seus aposentos, com uma filha e uma neta em festa de aniversário. À hora marcada lá estava eu também para confraternizar e cantar os parabéns regadinhos com champanhe.
 Muitas bocas e as aniversariantes muito ocupadas, uma no topo da mesa, de copo em punho; outra a cortar e a servir os convidados. Para ambas, a Benedita Ferreira e a Bela Sousa, sua mãe, os meus amistosos parabéns. Por muitos anos 
 Foi um daqueles dias que dá prazer desfrutar e que feliz da vida gozei neste fim de semana por terras de Leiria.


Sem comentários:

Enviar um comentário