segunda-feira, 18 de julho de 2016

Presidente da República inaugurou "Museu de Arte Contemporânea Nadir Afonso" em Chaves

 
O Museu de Arte Contemporânea Nadir Afonso, em Chaves, cujo curador Bernardo Pinto de Almeida, é professor catedrático na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto. foi inaugurado no passado quatro de Julho por sua Exª o Presidente da República. Vai ter patente, até ao final do ano, uma exposição alusiva a 35 dos 70 anos de trabalho do pintor.
A exposição inaugural “Nadir Afonso — Chaves para uma Obra” integra trabalhos do artista quando tinha apenas 15 anos e nos quais retratava rostos de familiares.
Construído (por Siza Vieira) na margem direita do rio Tâmega, o museu, cujo piso foi elevado por meio de uma série de lâminas estruturais perpendiculares ao rio por estar em terreno inundável, representou um investimento de oito milhões de euros, financiado a 85% por fundos comunitários, e vai reunir o espólio do pintor, dando-o a conhecer como artista e filósofo.
Nadir, além de artista plástico, foi filósofo e escritor, dando contributos vários a diversas publicações, incluindo transmontanas, região onde nasceu.
O espaço museológico tem um auditório com capacidade para 100 pessoas, salas de exposições temporárias e permanentes, arquivo, biblioteca, cafetaria, ateliê de Nadir Afonso e loja.

No dia 8 de julho, Dia da Cidade e do Município de Chaves, o espaço pôde ser visitado gratuitamente entre as 10h00 e as 24h00, e assistiu-se ainda a um concerto de Tiago Bettencourt às 23h30.
O presidente do município, Dr. António Cabeleira, disponibilizou os meios necessários, desde o inicio.

Sem comentários:

Enviar um comentário