segunda-feira, 16 de maio de 2016

Ucrânia vence Festival Eurovisão da Canção com tema sobre as atrocidades de Estaline


Jamala, uma cantora ucraniana, venceu o festival cujo tema relata uma história verídica – a da sua família tártara. Expulsa da Crimeia na Segunda Grande Guerra pelas tropas do sanguinário Estaline.
Essa expulsão, diga-se, não foi uma simples expulsão, foi uma limpeza étnica.
Para reforçar o tema, a canção intitula-se “1944”, ano em que se deram os acontecimentos.
LIVRO HOLODOMOR - Scribd
É claro que os Russos (os políticos) não ficaram satisfeitos. E Alexei Pushkov, presidente da Comissão de Relações Exteriores da Duma, veio logo dizer que a música sobre a expulsão dos tártaros não presta nenhuma contribuição ao dialogo cultural europeu, objetivo autodeclarado do Festival Eurovisão da Canção.
Pelos vistos, na opinião do sr. Pushkov, prestou-a a actuação de Estaline!
Esta canção veio a calhar para lembrar o mundo civilizado da fome-genocídio ucraniana de 1932-1933, na qual, segundo algumas fontes teriam morrido entre dois a três  milhões de ucranianos, e que ficou conhecida como "Holodomor", e vem recordar ainda a politica de deportação étnica dos anos 1937-1949.
Sobre o assunto, estes sites chegam para elucidar, aquilo que as Universidades ainda encostam ao lado:


                           Holodomor – Wikipédia, a enciclopédia livre
                                                                      Grande Fome da Ucrânia de 1932-1933 | Associação dos ucranianos ...
                                                                               IMB - A fome na Ucrânia - um dos maiores crimes do estado foi ...

Sem comentários:

Enviar um comentário