quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

Atenas Antiga por cinco dracmas por dia


Philip Matyszak é doutorado em História Romana pelo St. John’s College, Oxford. É autor de alguns livros. Recentemente publicou “Atenas Antiga por cinco dracmas por dia”. A edição portuguesa tem a chancela da Bizâncio. De capa dura e com cerca de 160 páginas, pretende ser um guia turístico da Atenas antiga para o leitor moderno. O Doutor Matyszak, proporciona-nos uma viagem pelo mundo de Péricles, no coração da primeira grande democracia do mundo.
Pode-se contemplar a magnifica paisagem avistada da Acrópole, observar o mais belo templo jamais construído – o Pártenon; insultar políticos na assembleia, argumentar com Sócrates no mercado e rir com as escandalosas comédias de Aristófanes.
É uma viagem no tempo, ao século V a.C. O viajante chega a Atenas pelas Termópilas e Delfos; pode visitar os portos atenienses como o Pireu, conhecer o seu povo, deambular pelas muralhas, conhecer os locais de repasto como as tabernas, as hospedarias. Pode ainda contactar de perto com a sociedade ateniense, os divertimentos, os mercados, os seus poetas trágicos como Ésquilo, os seus costumes como os ritos de passagem, e por aí adiante. 
 Matyszak engendrou um livro idêntico para a Roma Antiga, da mesma chancela: “Roma Antiga por cinco denários por dia”.      Armando Palavras

Sem comentários:

Enviar um comentário