quinta-feira, 25 de junho de 2015

Novo livro, «Criatividade e afectos na quarta idade», da Teresa Carvalho Gonçalves

Jorge Lage

4- Novo livro, «Criatividade e afectos na quarta idade», da Teresa Carvalho Gonçalves – A mirandelense Teresa Carvalho Gonçalves, fez-me chegar o seu livro, «Criatividade a afectos na quarta idade», com a chancela da «Chiado Editora»(info@chiadoeditora.com )  e o formato de livro de bolso, estende-se por 155 páginas, dividido em duas partes. Na 1.ª parte, com 14 capítulos, aborda a problemática do idoso, partindo duma sua situação familiar que conheceu e viveu como interventora: «Divididos entre os cuidados a prestar ao meu Pai e as visitas ao hospital, para visitar a minha Mãe, decidimos – eu, o meu marido e a minha filha (…). É sobre a minha experiência enquanto cuidadora e curiosa que vou falar nesta obra». Sustenta a sua interessante obra no livro «Envelhecer sem ficar velho», de Maria José Félix, de onde transcreve «Envelhecer sem ficar velho é algo que se aprende». A 2.ª parte, com três capítulos, apresenta-nos o resultado de entrevistas a idosas algumas a passar ou a aproximarem-se do século de vida. Podem os interessados, porque todos queremos chegar a velhos, saber mais nesta obra fluente e de fácil leitura, podendo mostrar caminhos e modos de lidar com idosos sem se recorrer aos «depósitos de velhos», nome mais adequado para muitos dos lares e residências de idosos. Uma das primeiras condições para um bom lar de idosos passa por uma decoração que dê um ar fresco e alegre, pela formação e controlo de qualidade do pessoal que ali presta serviço e por uma boa animadora social, que tem de se assumir como a alma do lar, do centro de dia ou do centro de convívio de idosos. Tratar e lidar com idosos na sua dimensão humana e das suas fragilidades ou incapacidades é um campo em que todos somos aprendizes e não vale a pena manter em instituições funcionárias que agridem psicológica e fisicamente os nossos velhinhos. Essas desumanidades deviam ser consideradas crimes públicos e punidas com penas pesadas. Voltando ao livro, «Criatividade a afectos na quarta idade», da Teresa Carvalho Gonçalves, dou-lhe os parabéns pela coragem em abordar este tema em que também foi ou é actora e pela forma franca com que o faz. Aconselho a sua leitura, podendo ser pedido para a editora ou paramoveisacarvalho@sapo.pt ou 214104506 -963044427.


Provérbios ou ditos:

Ø    Pelo S. João, deve o milho cobrir o rabo do cão.
Ø    Ouriços no São João são do tamanho de um tostão.

Ø    Aguçai-vos que o caldo é de beldros!

Sem comentários:

Enviar um comentário