sábado, 9 de junho de 2018

Os nossos sinceros agradecimentos aos cerca de centena e meia de autores transmontanos


 Há largos anos atrás, em repasto bem regado com antigos colegas do Alexandre [é assim que os antigos estudantes do liceu Alexandre Herculano do Porto, tratam o seu velho Liceu], alguém observou o seguinte: “se o Armando Palavras disser que amanhã vai a Júpiter ou a Saturno, é porque vai”. Foi a galhofa total numa mesa de gente com o sangue na guelra - entre os 16 e os 18 anos!
E essa observação faz-nos lembrar o que Barroso da Fonte (um dos maiores escritores vivos transmontanos) afirmou acerca de um ano na “Voz de Trás-os-Montes: “Leio no blogue «Tempo caminhado» do Transmontano Armando Palavras que em Maio de 2018 se realizará em Lisboa, o IV Congresso dos Transmontanos e Alto-durienses (e amigos das terras Transmontanas). Alegra-me, sobremodo esta mensagem. E anunciada por Armando Palavras é uma quase certeza…”.

Vem isto a propósito de duas coisas:

1 – A Antologia, projecto em que muitos não acreditaram, já está nas bancas;
2 – Se ouvirem o presidente Hirondino Isaías dizer que dentro de 3 ou quatro anos se realizará o V Congresso, é porque se vai realizar, com outras dimensões, e na região.
Nós fizemos o que os nossos ancestrais nos ensinaram: “dar o couro e o cabelo” pela causa comum; pelo bem geral. O mesmo fez Hirondino Isaías (que é da mesma raça ou da mesma cepa) e os seus mais directos colaboradores. E as coisas aconteceram. E aconteceram porque cerca de centena e meia de autores transmontanos entenderam ajudar a agremiação mais antiga do país, a Casa de Trás-os-Montes e Alto Douro, porque a alma transmontana assim o impôs.
A eles os nossos sinceros agradecimentos, em nosso nome pessoal, e em nome da agremiação.
Armando Palavras

A Jorge Lage um abraço especial. Dia 15 de Maio segue para terras do Norte com uma encomenda de 30 volumes vendidos.

Acrescenta-se que o volume vai ser distribuído em algumas livrarias da região. No final do mês corrente, estará já à venda nas seguintes livrarias:

Livraria Minho – Braga
Livraria Carvalho - Mogadouro.

O preço nas livrarias é de 25 euros, e pedido à agremiação é de 20 euros.

Sem comentários:

Enviar um comentário