sábado, 19 de maio de 2018

MILITIA SANCTAE MARIAE - Companhia regular e militante dos Cavaleiros de Santa Maria – Contra a Eutanásia


MILITIA SANCTAE MARIAE
- Companhia regular e militante dos Cavaleiros de Santa Maria –
Nº 23 Flash “+VITA”
Maio 2018
Deus criou o homem à sua imagem e semelhança. Chamando-o à existência por amor, chamou-o ao mesmo tempo ao amor.
Familiaris Consortio nº 11
No nosso nº21, de Fevereiro de 2017, escrevemos:
«A EUTANÁSIA é a resposta no fim da vida de uma sociedade que deixou de amar.
A EUTANÁSIA é o meio para pôr fim, SEM DIGNIDADE, a uma vida que merecia só ser amada.
A EUTANÁSIA é a mais um sinal de uma Cultura da morte dominante e do colapso da Civilização do Amor.
A EUTANÁSIA é, também, um sintoma da Civilização do descartável que nos está a dominar!»
Neste nº do FLASH + VITA, de Maio de 2018, reafirmamos, agora com maior ênfase, o que então se escreveu.
A luta pelo direito à vida sobreleva todos os direitos humanos pois que matando estes, os seres humanos, em qualquer fase do seu desenvolvimento, de nada servem os outros direitos!
Por isso, a defesa do DIREITO À VIDA, da concepção à morte natural, impõe-se como uma prioridade na defesa dos DIREITOS HUMANOS.
Somos todos convidados e convocados para não ficarmos indiferentes face aos ataques contra este direito fundamental. A EUTANÁSIA é uma das ameaças mais radicais contra a Vida Humana. Temos o direito e a OBRIGAÇÃO de nos manifestarmos por todos os meios legais contra a ditadura relativista em voga e de que a legalização da EUTANÁSIA é um aspecto, e dos mais relevantes.
Cumpre-nos AGIR.
Cumpre-nos REZAR.
Cumpre-nos NÃO NOS CALARMOS.
Cumpre-nos lutar contra os novos ditadores do pensamento único.
Caro leitor, se vive em Braga ou perto, participe na oração pelas pessoas em fim de vida, sobretudo pelas mais abandonadas e tentadas a pedir a eutanásia, na última 6ª feira de cada mês, às 15h30m, na Basílica dos Congregados (Braga).
O Instituto Internacional Familiaris Consortio conta com a sua presença!
O Responsável do IIFC/IFCI,
Carlos Aguiar Gomes
msm-portugal.org

Sem comentários:

Enviar um comentário