sábado, 20 de fevereiro de 2016

Coveiros no Lobito e Catumbela vivem de esmolas.

Enterram os mortos mas não recebem salários
Há cinco anos que não recebem salários. Enterram os mortos por dignidade, a troco de esmolas. Pelo contrário, em Portugal, os coveiros do país, aqueles que o levaram à bancarrota, recebem a dobrar e andam por aí, a comer nos melhores restaurantes, nas negociatas, a programar o próximo golpe!

Áudio Chuvas destroem milhares de hectares de produção agrícola em Benguela

Sem comentários:

Enviar um comentário