sexta-feira, 14 de novembro de 2014

Altos funcionários do Estado detidos por corrupção



Altos funcionários do Estado entre onze detidos por suspeitas de corrupção com vistos dourados (act.)

Em Junho, quando a investigação foi noticiada, a ministra da Justiça, Paula Teixeira da Cruz, pediu informações sobre o assunto à PGR e garantiu que afastaria eventuais responsáveis do Ministério que venham a ser arguidos ou acusados no processo. No rescaldo das detenções desta quinta-feira, 13 de Novembro, a ministra garantiu à Antena 1 que "a lei é para cumprir, doa a quem doer". "Qualquer pessoa que ponha em causa uma instituição deve imediatamente apresentar o seu pedido de demissão ou de suspensão de funções", acrescentou depois à  agência Lusa, repetindo que "ninguém está acima da lei e o tempo da impunidade acabou" e que é nessa "lógica que encara a situação".




Sem comentários:

Enviar um comentário