quinta-feira, 3 de maio de 2018

Homenagem ao escritor Nuno Nozelos

JORGE LAGE e A.M. PIRES CABRAL


JORGE LAGE
Nuno Nozelos
Luís Guimarães e esposa Celeste, Isabel Nozelos,
a viúva Celeste Nozelos, Ricardo e a mãe M.ª José
Ainda não passou um ano sobre a morte (2017) do escritor, Nuno Nozelos, e já o Grémio Literário Vila-realense e o Município de Vila Real, no dia 16 de Março (data de nascimento de Camilo Castelo Branco, patrono do Grémio), pelas 21H30, «Dia das Letras Trasmontanas e Alto-Durienses», homenageava o escritor trasmontano e mirandelense, Nuno Nozelos, nascido (1931) na Fradizela e muito ligado à Torre Dona Chama, onde tinha a segunda residência e muita da família. A família não faltou a este elevado momento, tendo estado presentes a viúva, Dona Celeste, a irmã Isabel Nozelos, uma cunhada e um sobrinho. O Município de Mirandela esteve representado pelo Presidente da Assembleia Municipal, Luís Guimarães, com quem tive o prazer de conversar. Concordámos que esta homenagem podia ser replicada em Mirandela ou na Torre Dona Chama. Assim, depois de se colocar esta hipótese ao Município de Vila Real/Grémio Literário Vila-Realense, o responsável e escritor Pires Cabral disponibilizou-se de imediato. Fica o caminho aberto para o Município de Mirandela avançar quando e onde achar oportuno. Isto é, o momento de evocação ou reconhecimento, tanto poderá ocorrer na vila da Torre como na cidade de Mirandela. A Homenagem contou com a apresentação de um powerpoint sobre a vida e obra do escritor, duma publicação «In Memoriam de Nuno Nozelos» e de um licoroso d’honra, havendo significativa assistência, em noite climatérica muito desfavorável. A publicação contém dezoito textos sobre Nuno Nozelos, abrindo com um texto da Dona Celeste, seguindo-se alguns familiares, a Presidente do Município, o Presidente da Assembleia Municipal, o Presidente da Junta da Freguesia da Fradizela e vários autores, na sua maria de Mirandela ou da região. O texto da Dona Celeste foi encurtado em três parágrafos e a seu pedido aqui se reproduzem: «Aproveito para narrar, que o escritor Nuno Nozelos sempre que foi distinguido e homenageado se sentiu muito comovido e algumas vezes lhe vi lágrimas nos olhos. Por este motivo, lembro os últimos eventos realizados em sua homenagem – criação do prémio literário do melhor conto, intitulado “Prémio do Conto Nuno Nozelos”, e, a colocação do seu nome na toponímia local – eventos estes, devido aos anteriores vereadores e ao seu Presidente Eng.º António Branco que presidia à Câmara Municipal de Mirandela e à Junta de Freguesia de Torre de Dona Chama, representada pelo anterior Presidente, Dr. Fernando Mesquita, a quem estou muito grata por terem realizado estas cerimónias em vida. Também não posso esquecer o “Grémio Literário Vila-Realense” que se tem identificado muito com o trabalho desenvolvido pelo ilustre Escritor António Pires Cabral, a quem devo o meu sincero agradecimento, pelas suas iniciativas inovadoras que continuam que continuam em permanente actividade, realizando estes eventos para estimular e valorizar as Letras e as Artes. Espero que o nome “Nuno Nozelos” se pronuncie na Literatura Portuguesa, como sempre se pronunciou, porque o amor está na alma e não morre, e o elo que o unia às letras nunca se quebrará.» Fica assim reproduzida a parte omitida que preocupava a Dona Celeste. Também, por lapso, o texto que me foi pedido para este livro de homenagem não foi publicado e que sairá, segundo promessa, numa próxima revista Tellus. Eu próprio tenho intenção de o dar a conhecer aos leitores do Notícias de Mirandela, em próxima edição. Quando tenho compromissos com as pessoas, por vezes, corro riscos. A minha presença na homenagem ao Nuno Nozelos obrigou-me a uma deslocação, de ida e volta, debaixo de temporal com chuva e neve. Pelo túnel do Marão, Braga fica a pouco mais de um tiro espingarda. (na primeira foto, da esquerda para a direita: Luís Guimarães e esposa Celeste, Isabel Nozelos, a viúva Celeste Nozelos, Ricardo e a mãe M.ª José; na foto a seguir: Jorge Lage e A. M. Pires Cabral).

Sem comentários:

Enviar um comentário