terça-feira, 6 de junho de 2017

Uma greve da FENPROF e da FNE


Parece que ao sr. Nogueira se juntou o sr. João Dias da Silva. A dona Avoila, foi tacitamente “afastada” desta “luta”. E que luta? Pergunta-se. A “luta da conversa fiada”!
E porque razão é a “luta da conversa fiada”? Por uma simples razão. Tanto o sr. Nogueira como o sr. da Silva não querem fazer greve alguma!
Estes dois cavalheiros não passam de chico-espertos que têm manipulado os destinos da educação básica e secundária há cerca de 40 anos. Não para proveito (justo) dos professores, mas para proveito próprio e dos amigos.
Nunca colocaram como reivindicação prioritária a medida FASCISTA do CONGELAMENTO das CARREIRAS imposta em 2005 pela governança do PS de José Sócrates [das razões se argumentará em próximo escrito] e continuada pela governança do PS de António Costa. Procuram entreter os parvos e as mentes vulgares com esta ou aquela reivindicação da treta. E quando chegarmos ao dia 21 param a greve inventando isto e aquilo. De certeza que irão dizer que o sr. Ministro da Educação cedeu aqui e acolá. E os parvos jubilarão com o engano como se fosse uma vitória inigualável.  

Sem comentários:

Enviar um comentário