sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Museu da Música Mecânica


Por: Costa Pereira Portugal, minha terra

A freguesia do Pinhal Novo pertence ao concelho de Palmela e goza desse estatuto desde 10 de Fevereiro de 1928. Com uma área de 55, 84 km2, e uma população a rondar os 30. 500 habitantes, a sua densidade populacional é de 447, 8 hab./km2. Pelo Decreto-Lei Nº 45/88, de 19 de Abril de 1988 elevada à categoria de vila, Pinhal Novo é um dos importantes aglomerados do distrito de Setúbal, e atrai numerosa quantidade de industrias e serviços que seguram, ali, e alimentam uma grande parte dessa população laboriosa e dinâmica.
Como centro ferroviário que é advinha-se que não demore a merecer a categoria de cidade pois assim faz supor projetos como o futuro Aeroporto Internacional de Lisboa, a construir na zona do Campo de Tiro de Alcochete; e outos como o Transporte de Alta Velocidade (T.G.V.), com ligação a Lisboa (Chelas-Barreiro) e a Madrid.
Não foi por acaso que o coleccionador Luís Cangueiro tomou a iniciativa de construir nessa área o seu museu, expondo 600 peças do séc. XIX à década de 30 do séc. XX, e no Museu da Música Mecânica disponíveis para serem admiradas.
Durante o tempo que vai de 21 de Janeiro ao Dia do Pai, 19 de Março, além das peças museológicas dignas de apreciação, lá tem patente também uma exposição de pintura do consagrado pintor plástico António Carmo para admirar.
 Amigos meus, vão lá ver, dentro do horário de 3ªfeira a domingo, das 14h30 ás 18h00. O Museu da Musica Mecânica é digno de visitar.

Sem comentários:

Enviar um comentário