quinta-feira, 7 de julho de 2016

Comemoração de «30.º aniversário do Grupo Cultural Aquae Flaviae»



JORGE LAGE
A associação «Grupo Cultural Aquae Flaviae», fundado em 1986, vai comemorar a 17 de Junho (sexta-feira) um percurso invejável de 30 anos de actividade em prol da cultura de Chaves e da região do Alto Tâmega e Galiza. O Programa, assinado pela dedicada Presidente, Isabel Viçoso, embora curto no tempo, é rico em conteúdo. Pelas 17H00 na Biblioteca Municipal de Chaves (Largo das Freiras) consta uma palestra do investigador galego, convidado de honra, A. Rodriguez Colmonero, sobre o tema: «Aquae Flaviae, capital da Gallaecia meridional interior». Segue-se a apresentação do n.º 52 da «Revista Aquae Flaviae, com trabalhos de dez ilustres fundadores: Alípio M. Afonso, António Ramos, Barroso da Fonte, Carlos V. Reis, Fernando Campos, José D. Baptista, Luís D. Carvalho, M. A. Montalvão Machado, Manuel J. Carvalho Martins e M.ª Eugénia Branco. Todos os assistentes vão ter oferta da volumosa e recheada revista. A cultura cimenta-se e eleva-se mais quando é selada com um bom repasto, que vai acontecer no Restaurante «Quinta da Cera», podendo as inscrições ser feitas na sede da associação ou na Galeria Antígona (rua de Sta. Maria, 28 - Chaves). Uma das muitas novidades da revista será do filólogo e investigador, Manuel J. Carvalho Martins, que tem feito recuar a idade da cidade de Chaves, a velha «Aur» ou cidade das águas, e redireccionado a sua História,brindando-nos com o tema: «Chaves comprova o alfabético ibérico», que poderá ser tão antigo como o da Suméria. Como associado não vou poder estar, por motivos familiares. Mas estarei presente em espírito com a incansável Presidente e com os que tornam a região culturalmente mais rica. Contactos: www.grupoculturalaquaeflaviae.pt e grupoculturalaquaeflaviae@sapo.pt .

Jorge Lage –jorgelage@portugalmail.com – 03JUN2016

Provérbios ou ditos:

         Dia de Santo António vêm dormir as castanhas aos castanheiros.
         No S. João pinga a sardinha no pão.
         Se não queres que se saiba, é melhor que não digas.

Sem comentários:

Enviar um comentário