sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Achar bem, achar mal


Na Holanda, e creio que também nos países nórdicos, quem dispõe de poucos meios e, por razões de doença ou impossibilidade, passa a ser cuidado pelo estado, a lei estipula que a pessoa em questão terá de ceder parte das suas economias e, no caso de possuir casa, essa será vendida, compensando assim parte da despesa que custará ao estado.
Os bem-pensantes acham bem.
Desde a semana passada foi decretado na Dinamarca que os refugiados e a sua bagagem sejam revistados à chegada, e confiscadas as importâncias em dinheiro e outros valores que transportem, para que de certa maneira compensem o custo dos benefícios que vão receber.
Os bem-pensantes acham mal.
quarta-feira, dezembro 23

Sem comentários:

Enviar um comentário