quinta-feira, 8 de outubro de 2015

Igreja transparente na Bélgica


O projeto foi concebido pelos arquitetos holandeses Pieterjan Gijs e Arnout Van Vaerenbergh em 2011, em parceria com o museu Z33.
A obra foi construída sobre uma fundação de betão, a partir da qual se empilham 100 folhas de aço para criar o efeito de paredes transparentes. Cada folha é separada das outras por mais de 2.000 colunas de aço, com um peso total de 30 toneladas, explica a Slate. Esta separação permite que a igreja pareça transparente conforme o ângulo de observação.
Segundo Gijs e Van Vaerenbergh, a Igreja Reading Between the Lines é uma provocação não apenas à permanência das obras arquitetónicas, mas também à igreja como espaço de reflexão: os seus visitantes são acolhidos como em qualquer outra igreja, mas também estão expostos ao mundo exterior. Os arquitetos definem o trabalho como “uma intervenção que interage com o ambiente” e como “uma investigação sobre os fundamentos da construção em si mesma e o seu impacto sobre o mundo”.
Apesar de não realizar cultos, a igreja é acessível apenas a pé ou de bicicleta e os seus visitantes são convidados a entrar e rezar. Fique a conhecê-la – através dos registos de um fotógrafo japonês da Forgemind ArchiMedia.

Conheça a igreja na Bélgica que se torna transparente ...


 

Sem comentários:

Enviar um comentário