quarta-feira, 16 de julho de 2014

Virgilio Gomes - Quente ou em saladas fresquinhas -Polvo e outros Moluscos

virgilio_ini.jpg
Virgilio Gomes

A imagem de um polvo tem qualquer coisa de fantasmagórico. Lembra aventuras nas profundezas do mar, e sempre com um aspeto dominador. Talvez por isso haja expressões populares associadas ao polvo pelos seus vários braços e ramificações.

moluscos3
Polvo cru à venda no mercado
A tradição de comer polvo fixou-se, inicialmente, em zonas longe do litoral pela facilidade de conservação. O polvo era seco e, depois, quando necessário ao consumo, era mergulhado em água por umas horas, antes de ser confecionado. Talvez por isso vamos encontrar ainda hoje uma receita de polvo guisado em Mirando da Douro. Mas associado ao polvo estão as várias “pistas” para ser cozido ficando tenro. Há quem afirme que a introdução de rolhas de cortiça na água de cozedura resolvem a questão, como há outros que batem o polvo várias vezes, outros que colocam casca de cebola, e os mais modernos que consideram a panela de pressão o instrumento maravilha. Ou o método de cozedura lenta a temperatura baixa. E a tradição de cozer ovos inteiros para alegrar a mesa pela cor rosada que apresentam no fim da cozedura.

Quente ou em saladas fresquinhas:

Sem comentários:

Enviar um comentário