quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Maior “crocodilo” do Jurássico viveu nas águas costeiras e estuários de Portugal


Eram répteis marinhos, alguns com quase dez metros de comprimento, capazes de esmagar a carapaça das tartarugas e os ossos dos grandes peixes dos quais se alimentavam. Caracterizavam-se, tal como os crocodilos actuais, pelo seu corpo alongado, curtas patas, focinho pontiagudo e temíveis dentes.
Os especialistas designam este género de animais com o nome científico de Machimosaurus. Restos fósseis destes predadores já foram encontrados na Europa – da Inglaterra à Alemanha e à Polónia, passando por Portugal, Espanha, França e Suíça –, bem como em África, mais precisamente na Etiópia.

 

 

 


Sem comentários:

Enviar um comentário