sexta-feira, 2 de setembro de 2016

A D. Alzira Borges deixou-nos





Mondim, 25/11/ 1924 -
                      31/

Por Costa Pereira Portugal, minha terra

Faleceu ontem, 4ª-feira, a saudosa mondinense D. Maria Alzira Teixeira Borges, de 91 ano. Viúva de José Teixeira de Matos, a D. Alzira, figura cristã muito estimada e respeitada, depois de viver durante muitos anos na região de Lisboa, após enviuvar;  quis por fim passar o resto da sua existência terrena onde nasceu e quis morrer, tornando-se há cerca de um ano hospeda do Lar da Misericórdia de Mondim de Basto, onde muito bem cuidada e acompanhada por familiares e amigos viveu feliz até que Deus a chamou para junto de si. Deixa seis filhos quatro do sexo masculino e dois do sexo feminino, donde ressai o nome da dinâmica Maria da Graça Borges de Matos, promotora e divulgadora dos transmontanos afectos aos meios culturais, mormente aos que têm as musas por atractivo. A toda a família enlutada, e em particular à Maria da Graça apresento os meus sinceros pêsames.
O seu funeral com missa de corpo presente foi marcado para o dia 02 do corrente no cemitério de M. de Basto.


Sem comentários:

Enviar um comentário