quinta-feira, 27 de setembro de 2018

FEIRA DA LUZ



Por: Costa Pereira Portugal, minha terra

Tenho que dar os parabéns  à Junta de Freguesia de Carnide (Lisboa) que uma vez mais primou no apoio às festas em honra de Nossa Senhora da Luz que ao longo de todo o mês de Setembro é tradição decorrerem anualmente. Sempre com eventos novos este ano além do mais teve a GNR com seus cavalos a promover o gosto de cavalgar às crianças que por ali apareciam dispostas a fazer a sua experiência. Gostei de ver e o meu netinho de fazer a sua experiência. Não fora hoje, e a convite da minha filha, lá ficava sem visitar tão famoso certame que já foi dos mais importantes da capital e que encerra no último domingo de Setembro com participada procissão Nossa Senhora da Luz.
Este ano calha precisamente no dia 30. Só que por motivos mais fortes de 24 a 30 deste preciso mês vou estar na capital do norte de Portugal que dizem ser a cidade Invicta.
Claro que para mim ir à Feira da Luz impõe fazer uma visita ao igreja-santuário da Luz, ali fronteira ao Jardim do Marechal Teixeira Rebelo, um transmontano de Santa Marta de Penaguião, que foi fundador do Colégio Militar. É precisamente nesse espaço que a feira decorre e se vende de tudo, menos gado como dantes acontecia. A primeira foto que tirei foi à Fonte do Machado, nesta está a origem do santuário de Nossa Senhora da Luz.
Já no interior da igreja captei uma foto da imagem de Nossa Senhora que se diz ser a originária que figurou na primitiva ermida. Depois foi a visita pela feira e também comer uma “fartura” e um cafezinho pois nem só de visitas vive o viajante.
 E dar uma saltada a ver os cavalos num espaço rural onde já em tempos foi ver um circo ali montado. Está tudo transformado, para melhor.

Sem comentários:

Enviar um comentário