terça-feira, 20 de março de 2018

Pequenas obras do Município de Mirandela, nas aldeias


JORGE LAGE

Uma boa medida da nova vereação municipal. Há pequenas reparações que se forem feitas dão um maior conforto visual e beneficiam os moradores e visitantes. A minha aldeia teve uma belíssima requalificação dos arruamentos no tempo da presidência de José Silvano, tal como o foram muitas outras aldeias do concelho. O facto de José Silvano, enquanto presidente, não se ter rendido ao «feioso», inseguro e poluente betão, foi das medidas com maior visão e alcance, turístico, cultural e ambiental, além de promover a economia sustentada. Quem, hoje, visita a minha aldeia e a atravessa de sul para norte, tomando a direcção do Calvário, ao aproximar-se do Cemitério, constacta duas realidades. Uma aldeia bem empedrada – no Romeu, temos dos melhores calceteiros do país, e as três casas que ficam na parte norte e na grande artéria principal, parecem pertencer a outro povoado. Ou quererá a Junta de Freguesia ou o Município excluir, como no passado, essas casas ou as pessoas do povoado? Quando visito a minha irmã, sou «multado» em 13 euros. Isto é, tenho que mandar lavar o carro que custa 13 euros, tal é a nuvem de poeira! Porquê? Oxalá que a nova Equipa Municipal resolva esta situação e a fazê-lo devia ser num troço de 500 ou 600 metros, até à altura do «edifício dos cavalos».

Sem comentários:

Enviar um comentário