quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

O Orçamento Rectificativo e as desculpas de Costa

 
Mais cedo do que tarde, a geringonça precisou do PSD (que está incluído na direita que eles gostam de citar). Hoje mesmo, não fossem os votos dos sociais democratas, a geringonça caia. E o país confrontar-se-ia com uma situação idêntica à de 2011. Ora aí temos o "arco da governação".
O que o caso Banif veio revelar foi o estado miserável em que o país foi deixado em 2011. Foi uma bancarrota colossal provocada pela governação a que Costa pertenceu. Não será fácil de a resolver, temos sacrifícios para décadas.
Pedro Passos Coelho fez bem em tomar esta opção, como fez bem Paulo Portas ao votar contra, cumprindo o que dissera quando foi dada a golpada. Se Costa estivesse na situação de Passos, teria deitado o governo abaixo, apenas por ambição de Poder. Passos colocou os interesses nacionais em primeiro lugar. É que em politica não pode valer tudo. Um politico com falta de ética, mais cedo do que tarde paga as favas. E quando a cavaqueira a sério começar a partir de Março, Costa irá receber a resposta adequada.
O povo começa agora a conhecer as esquerdas e Jerónimo parece que acordou. Costa vai ter maiores dificuldades para o enganar a partir de agora.
Mais cedo do que se previa, o tempo deu razão a quem se opunha a esta solução governativa e, principalmente ao Presidente da República que tão enxovalhado foi pelas donas, pelas manas, pelos cavalheiros. Em suma, pelos golpistas, acirrados por comentadores e articulistas medíocres. Razão continua a ter o presidente quando, perante os factos, ontem afirmou que a ideologia “só resiste como um modo de vida de comentadores, de analistas políticos, de articulistas que fazem o deleite de alguns ouvintes e alguns leitores em tempos livres”.
Costa, cuja ambição politica é desmedida, no mínimo, deve pedir desculpa ao povo português, sobretudo ao Presidente da República e a Pedro Passos Coelho. Assim faria se tivesse alguma decência, que não demonstrou desde quatro de Outubro.
E ainda queria alguém que fosse a figura do ano! Haja juízo!   Armando Palavras


Sem comentários:

Enviar um comentário