sábado, 27 de dezembro de 2014

Das planícies africanas para as ruas de Carnide

Tó Teixeira, Armando Palavras, Guilherme Castanheira, Américo Brigas Paulino e Manuel António Vaz de Almeida

Conheceram-se em África (Angola). Estudaram no Colégio, em Salazar (hoje N'Dalatando). Alguns não se viam há quarenta anos. Hoje, juntaram-se em Carnide, no Gravatas, e almoçaram juntos.

Do livro "Provérbios Africanos" (Rosa Sha, ed. Arte Plural, 2003), respigamos:

" A Amizade não precisa de pimenta para chorar";
"Mais vale perder algum dinheiro do que uma amizade";
" Ao olho e ao amigo a menor coisa os pode ferir".







Actualizado em 30 de Dezembro de 2014


Sem comentários:

Enviar um comentário