quarta-feira, 30 de maio de 2018

Quatro livros sobre África



Os canais de comunicação em 90% do território africano são ainda muito primitivos. Mas quando os batuques tocam, são aos milhares que caminham em solo agreste, sob chuva densa e sol escaldante, pelo meio de capim alto, em direcção ao local de reunião.
A Europa tem muito a aprender, neste aspecto, mesmo com os meios de comunicação mais sofisticados, com África. E os Transmontanos muito mais, embora tenham um conhecimento genuíno das populações africanas da antiga África Portuguesa.
Estes quatro livros são um hino à cultura, à história e à geografia africana. Escritos por quem entende, por quem perscruta a alma africana.
V.Y. Mudimbe, nasceu em 1941 no antigo Congo Belga. Doutorado em filosofia, na sua extensa produção escreveu dois livros que se aconselham: “A Invenção de África” (2013, edições pedagogo), e “A ideia de África” (2013, edições pedagogo), uma continuação daquele.
Babacar Mbaye Diop é Doutorado em Estética e filosofia da arte. Doudou Dieng é Doutorado em Filosofia. É destes dois Doutores africanos, a organização de “A Consciência Histórica Africana” (2014, edições pedagogo).
Por fim, de António Pinto Ribeiro, investigador associado da universidade de Coimbra, e nascido em Lisboa, saiu a público em 2017 (edições Afrontamento), um livro de grande interesse sobre os quatro grandes rios africanos, contextualizando a geografia, o território e a história que os cercam “África, Os Quatro Rios”.

Sem comentários:

Enviar um comentário